Mahjong e a vida (reedição)

•março 2, 2010 • Deixe um comentário

 

Mahjong. Esse joguinho de encontrar os pares de peças muito parecidas, valendo apenas quando a peça está com seus lados livres, é totalmente viciante. Existe em versões para jogar sozinho e com 2 jogadores ( um contra o outro). A nossa sociedade ( lá vem eu com essa expressão…) é muito igual também. Segue um padrão universal, tanto de beleza quanto de comportamento. Alguns conseguem formar pares, mas apenas quando os dois pensam de maneiras iguais. Divergência é um fator que, praticamente, não permite a união de duas pessoas. Muitas vezes limites nos impedem de nos unirmos, mas podemos ir pelas beiradas e conseguir inverter a situação.

Clique aqui para jogar

Anúncios

Chile: terremoto pode ter alterado a duração dos dias

•março 2, 2010 • Deixe um comentário

do Uol Notícias:

O terremoto de magnitude 8.8 que afetou o Chile no último sábado pode ter deixado os dias na Terra mais curtos. A suspeita é do cientista  Richard Gross, do JPL (Laboratório de Propulsão a Jato) da Nasa, a agência espacial americana. Isso teria ocorrido por uma mudança na rotação do planeta.

Gross utilizou um modelo complexo para fazer o cálculo, que detectou uma redução de 1,26 microssegundos (um segundo por um milhão) no dia. O tremor deslocou o eixo do planeta de aproximadamente 8 centímetros.

O mesmo modelo foi utilizado para calcular o impacto do terremoto de 9.1 registrado em Sumatra em 2004. Na ocasião, a redução no dia foi de 6,8 microssegundos e a alteração no eixo da Terra foi de 7 centímetros.

O cientista explica que, embora o tremor do Chile tenha sido menor que o de 2004, ele afetou mais a Terra por causa da localização do fenômeno (no primeiro caso era mais próximo da linha do equador) e da profundidade da falha que causou o segundo terremoto, que envolvia um ângulo de inclinação mais acentuado.

Gross avisa, no entanto, que as previsões podem se modificar conforme sejam descobertos novos dados sobre o terremoto no Chile.

Não sabia que isso era possível. Impressionante.

Mafalda amassa ma mafa Mafalda

•março 1, 2010 • Deixe um comentário

Infância capitalisa (reedição)

•março 1, 2010 • Deixe um comentário


Quem tem contato com criança saberá do que estou falando. Pergunte para esta criança se ela sabe o que é Playstation. Raramente uma dirá que não sabe e a maioria já tem um em casa. Aquela criança que não tem quer ter. Isso prova a intensa influência da mídia sobre as crianças. Muitas ficam tristes e até depressivas porque não tem aquele brinquedo que acabou de sair ou aquele sapato que faz algo inusitado.

E a mídia não faz questão de esconder sua ânsia pela total “dominação” da cabeça dos pequenos. Eles são induzidos a comprar algo porque “todo mundo vai querer ter um igual” ou porque é “sensacional”. Eles são incentivados a quererem coisas que se tivessem anteriormente não dariam valor. As propagandas e projetos publicitários agem através da idealização dos produtos e do medo, já que a criança se sente excluída por não ter algo que todos seus colegas tem.

A TV é outra que contribua para a criação da “infância de comércio”. Nos programas infantis, são oferecidos prêmios a torto e a direito. No Bom Dia e Companhia, do SBT, um dos prêmios é uma quantia de 1000 reais. Esse é uma dos opções mais requisitadas pelos telespectadores mirins. As crianças estão cada vez mais instigadas a ter dinheiro e lhe dão valor maior que o normal.  Outro exemplo que me deixou pensativo foi um vídeo de um antigo programa da Xuxa. A criança lhe escreveu que ela queria ganhar uma viagem para a Disney World, mas que se ela não fosse, ela desejaria que as crianças que fossem ao parque ficassem felizes. Ou seja: se ela não ir, ela não é feliz. Uma situação de horror saber que uma criança precisa de coisas materiais para ficar feliz e que, sem isso, ela seria triste. O bem físico superou o afeto e o amor. A regra é “quem tem mais é mais feliz”, infelizmente.

Na minha época, ganhar 50 centavos era motivo de festa… E ninguém pedia mais.

Educação e criação: preocupação (reeditado)

•março 1, 2010 • Deixe um comentário

Notícia e foto do G1:

Uma garota de14 anos foi espacanda pelo irmão de sua colega de escola em Palhoça (SC), na quarta-feira (24). As adolescentes teriam se desentendido e após a briga o rapaz, de 24 anos, teria agredido a jovem por vingança, segundo a polícia. A vítima segue internada no hospital. 

A delegada responsável pelo caso, Gisele Jerônimo, disse ao G1 que a garota teve diversas lesões pelo corpo.  “O rapaz a agrediu tão violentamente que ela está até hoje [sexta-feira] internada”, afirma a delegada.

Esta notícia me fez retomar dois posts passados: o Falta de Educação com a Educação e o Crianças: vítimas dos problemas dos adultos. O primeiro por mostrar o total descontrole da escola sobre seus alunos. Respeito e consideração pelo local de estudo desapareceram. Os alunos só continuam a ir nas escolas por ordem dos pais ou para reencontrar os amigos. Agem como se aulas fossem palestras inúteis e desinteressantes (o que, em alguns casos, é verdade). As crianças e jovens não vêem a escola como uma instituição de formação de caráter, já que lá eles não encontram motivação, suporte e estrutura física necessária para que realmente passem a admirá-la. Os “eventos”  interessantes, para uma grande maioria, são as brigas, discussões, oposições ao professor ou outro estardalhaço qualquer. A educação brasileira está como essa menina, hospitalizada por tempo indeterminado.

Já o segundo post demostra a má criação que estamos dando a nova geração, que forma sua personalidade baseada em situações desagradáveis que vivem ou a situações que nunca puderam viver, graças à ausência dos pais ou família. A influência da mídia também participa disso, passando ideais cada vez mais distorcidos. Como a menina na foto acima, os jovens estão rodeados de aparelhos. Não com fins médicos, mas sim com a finalidade de distraí-los e deixá-los longe dos pais por certo tempo. Mas estes aparelhos, muitas vezes, corrompem certos valores. Os pequenos se tornam vítimas mais uma vez de situações que não podem reverter.

A nova geração sofre e a velha geração assiste apática.

Não sabia o que era berlinda (reedição)

•março 1, 2010 • Deixe um comentário

Ontem assisti ao BBB, não pelo programa, mas pelo Bial que, apesar de estar meio atrevido nesta edição, ainda é um ótimo improvisador. Percebi então que um termo usado muito lá não era de meu conhecimento: berlinda. Pelo contexto, dava-se para entender que “estar na berlinda” e estar no foco e ouvir alguém falando sobre você. Mas eu queria entender claramente da onde veio isso. Pesquisei e eis o resultado:

Berlinda é um jogo infantil, onde todos fazem uma roda e uma pessoa é escolhida para ser o centro das atenções e todos opinam sobre ela, escrevendo em um papel, sem assinatura,e colocando-se este papel em uma urna, e a pessoa fica assim, sabendo o que pensam sobre ela.

Agora sim entendi. Não tenho certeza sobre a relação da brincadeira com o objeto real, que está neste resultado:

Berlinda é um pequeno coche de quatro rodas suspenso por dois varais.

Imagino que seja por estar no meio das atenções ( estar num veículo desse chama muita atenção) e pela transparência de seus lados.  Deve ser isso.

Mais um serviço de inutilidade pública deste blogueiro.

Termos mais buscados – parte 2 (reedição)

•março 1, 2010 • Deixe um comentário

E aí estão os termos mais buscados do dia e suas definições:

– 2012: nenhuma informação encontrada, já que o mundo acabou.

– Resultado da Mega Sena: números sorteados aleatoriamente que, se coincidirem com os de algum apostador, este pode ganhar uma grana preta, caso ele não tenha feito bolão ou não tenha um parente portador de arma de fogo.

– Beyoncé: artista gringa que deu uma passadinha aqui nas terras tupiniquins e deu o cano na Ivete Sangalo( não o cone para Ivete, lembram da entrevista que a Ivete contava que fazia xixi em pé?)

– Minha Casa Minha Vida: quem mora na favela tem uma vida triste mesmo hein?

– Previsão do Tempo: podem ocorrer pancadas de chuva, mas também existem previsões de tempo aberto, com possibilidades de nevar. Mínima de 0º no Brasil e máxima de 40º na Groelândia. Efeitos do enlouquecimento global.

– Angélica: apresentadora de programas de TV da Rede Glob… pera aí, o que a Angélica fez para estar entre as mais procuradas? Errou no português, matou alguém, posou nua ou foi a uma festa sem calcinha? Não tem o que fazer piada dela, apenas que ela é casada com um tucano e tem um besouro em sua perna. Será que essa Angélica é aquela moça ( LOVE_1~1 ) do BBB? Aquela que tinha uma característica igual a do Borat?

Sim, ela tem …. diploma de jornalista!

E fica por aqui mais um Termos mais buscados! Te espero por aqui!